top of page

Aprendamos a dividir

Aprendamos a dividir a própria felicidade para que a felicidade dos outros se multiplique.

Observemos a natureza.

O Sol divide com a Terra os seus raios de amor e a Terra lhe entesoura a energia, em favor do progresso das criaturas.

A fonte divide as águas auxiliando a vegetação que, mais tarde, a protege.

A árvore divide os frutos com os homens e os homens lhe estendem a espécie, através do espaço e do tempo.

As flores dividem o próprio néctar com as abelhas e as abelhas garantem abençoada fecundação.

Tuas horas e tuas forças, conhecimentos e recursos, quaisquer que sejam, são concessões do Todo-compassivo em tuas mãos, que podes repartir com o próximo, a benefício de ti mesmo.

Auxiliar alguém é fazer o investimento da verdadeira alegria, e toda alegria no exercício do bem é dom da vida e luz que nos aproxima de Deus.

Aprendamos a dividir os depósitos do Senhor, enquanto é hoje, a fim de que o Amparo Divino mais intensamente nos envolva, enriquecendo-nos o espírito para que venhamos a receber com os outros e pelos outros a nossa perfeita felicidade amanhã.


Xavier, Francisco Cândido; Emmanuel (Espírito). Meditações Diárias. FEB Editora. Edição do Kindle

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page