top of page

Primavera de Marta - Mensagem do dia 08.09.2022



Decidido a caminhar para a conquista do Reino dos Céus, o cristão convicto sabe que a Terra não se constitui em estância de jogos e prazeres, mas sim em abençoada escola de aperfeiçoamento e luta contra os arrastamentos perniciosos.


Do berço ao túmulo, lutará contra as próprias imperfeições, e não verá no corpo senão preciosa ferramenta de burilamento, sem a ele se agarrar em tresvario de cupido frustrado.


O que acumular ao longo da existência será sempre troféu que o mundo confere um momento e confisca no minuto seguinte, transferindo a outras pessoas a posse precária de tudo que não exala transcendência.


Descobrirá que filhos são parceiros de evolução, que o lar pode se converter em fornalha de amargas aversões ou se converter num pedaço do paraíso aqui mesmo no solo do mundo.


Constatará, inúmeras vezes, que os pontos de vista que emite serão solenemente ignorados, ideias descartadas e iniciativas desconsideradas. E ainda assim, se manterá otimista.


Terá os pés pisoteados por amigos e irmãos de ideal, que não se desculparão da ofensa cometida e a eles continuará permutando consideração e respeito, sem qualquer tipo de revide.


Pronunciará frases e conceitos que serão deturpados. Emitirá opiniões em momentos de crise, buscando apagar o sinistro da discórdia e será, algumas vezes, acusado de incitar a cizânia e a incompreensão.


Ajudará esse ou aquele companheiro que atravessa um trecho da jornada em penúria material ou abandono afetivo. E a crítica, que estará de atalaia, fermentará intragável caldo de acusação de se aproveitar do outro em fragilidade para se evidenciar.


Dentro das quatro paredes do lar, será tido como ovelha negra ou patinho feio.


Se dirigente, será tentado por propostas de subordinados ou agentes das sombras para que abandone a ética e se filie ao partido da podridão moral. Se subordinado, em algum instante, poderá ser procurado por um emissário do menor esforço, atento ao ganho fácil, a fim de enredar o mesmo na trama de conchavos criminosos.


Se religioso, assistirá alguns amigos de verbo fácil na tribuna e conduta imprópria na vida privada.


Constatará muitos adeptos do "faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço".


Quando mais desejar companhia, será constrangido à solidão quase que absoluta. E quando se veja faminto de silêncio e um lugar à parte para cultivar os valores da alma, se verá jogado na cova de leões famintos e hienas carniceiras.


Se adotar vida simples, será tachado de relaxado. Se buscar ajustar-se à moda de seu tempo, as redes sociais o acusarão de vaidoso e boçal.


Optando pelo afastamento das festas ruidosas, dirão que é um excêntrico. Se cultivar essa ou aquela aglomeração, logo afirmarão se tratar de um playboy, com taras inconfessáveis.


Quem decide subir a estrada dos testemunhos já sabe, por antecipação, que a alfândega dos ociosos e gozadores será implacável na crítica e nos tributos da devassidão. Por ora, segue o cristão e amigo de Jesus na Terra entre o chicote e a espada.


Raramente agrada.


Destoa da maioria chafurdada no caldeirão das sensações grosseiras.


Se aprecia a boa leitura, é um CDF metido a besta.


Se não sentou nos bancos escolares e nem percorreu corredores universitários, não passa de um ignorante com casaca de autodidata.


Em nenhuma ocasião de Seu messianato entre os homens, Jesus afirmou que a vivência cristã seria fácil. Se referiu às avenidas do mundo, largas e perigosas, mostrando que as estradas para a sublimação são estreitas e difíceis.


Cruzes estão por toda parte.

Adversários se multiplicam em cada ponto da marcha, e os amigos verdadeiros e solidários são escassos.


Não, nem de longe me passou a ideia de diminuir teu otimismo ou tisnar tua coragem! Simplesmente, não aguarde do mundo aquilo que o mundo afirma não ter para te dar.


Sendo uma escola gigantesca, tem muitas salas, alunos em profusão e inúmeros estão se lixando para aulas e exames, mas o corpo docente sabe quem tem interesse e quem apenas ocupa a vaga, indevidamente.


Não seja de estranhar que periodicamente o liceu expurgue alguns para reformatórios e casernas compatíveis, onde cada um encontrará outro regime de aperfeiçoamento intelecto moral.


Se te encontras matriculado na sublime escola terrestre, aproveita cada lição, cumpre os deveres ministrados pela cátedra correspondente e avança de turna em turma.


Teus recreios serão curtos e tuas aulas exaustivas.


Com Ele, a educação da alma tem prioridade absoluta. O resto, é brincadeira de colegiais.


Marta

Salvador, 08.09.2022

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page