PRINCÍPIOS BÁSICOS

Atualizado: 27 de Abr de 2018

1. Existência de Deus Deus existe.  É a origem e o fim de tudo.  É o criador, causa de todas as coisas.  Deus é a suprema perfeição, com todos os atributos que a nossa imaginação lhe possa atribuir, e muito mais. 2. Imortalidade da Alma Antes de sermos seres humanos, filhos de nossos pais, somos, na verdade, espíritos, filhos de Deus.  O espírito é o princípio inteligente do universo, criado por Deus, simples e ignorante, para evoluir e realizar-se individualmente pelos seus próprios esforços. Como espíritos, já existíamos antes de nascermos e continuaremos a existir, depois da morte física. Os espíritos são, portanto, pessoas desencarnadas que, atualmente, estão na espiritualidade. 3. Pluralidade das Existências Criado simples e ignorante, o espírito é quem decide e cria o seu próprio destino, usando seu livre-arbítrio. Desse modo, ele tem possibilidade de se desenvolver, evolucionar, aperfeiçoar-se é chegar à perfeição. Essa evolução o espírito só pode alcançar pela reencarnação, encarnando no mundo e desencarnando, quantas vezes necessárias, para adquirir mais conhecimentos através das múltiplas experiências de vida. Assim, Deus não premia ou castiga, somos nós os articuladores do próprio destino, por vezes necessitando de sofrimentos que nos instigam à melhora e crescimento, pela lei da "ação e reação". 4.  Pluralidade dos Mundos Habitados Nem todas as encarnações se verificam na Terra.  Existem mundos superiores e mundos inferiores ao nosso.  Quando evoluirmos, poderemos renascer num planeta de ordem elevada.  O Universo é infinito e "na casa do Pai há muitas moradas", já dizia Jesus. A Terra é um mundo de categoria moral inferior, haja vista o panorama lamentável em que se encontra a humanidade.  Contudo, ela está sujeita a se transformar numa mundo de regeneração, quando os homens se decidirem a praticar o bem e a fraternidade reinar entre eles. 5. Comunicabilidade dos Espíritos Os espíritos são seres humanos desencarnados. Eles são o que eram quando vivos; bons ou maus, sérios ou brincalhões, trabalhadores ou preguiçosos, cultos ou medíocres, verdadeiros ou mentirosos. Eles estão por toda parte.  Não estão ociosos.  Pelo contrário, eles têm as...


2020 © Todos direitos reservados Conhecendo o Espiritismo